sexta-feira, 30 de junho de 2017

Nadir Pires e a Mala da Fama.

Muito divertido fotografar a carioquíssima mais espontânea que a Mala da Fama já conheceu, o nome dela é Nadir Pires. Fez teatro no curso Ensina Encena, com o Fábio Carvalho de Freitas (2014). depois disso começou a fazer o curso Oficina de Atores em Copacabana, Rio de Janeiro, onde fez seu primeiro espetáculo "O Fim do Mundo", direção e texto Daniel Freitas (2014). No mesmo ano junto com esse curso fazia também o curso livre de teatro Casa dos Azulejos, São Pedro da Aldeia, onde fez o espetáculo "Acorda Alice", direção e texto Nelson Yabeta que teve estréia no ano 2015. Começou o curso Oficina de Atores em Cabo Frio, onde fez o espetáculo "Lisístrata", texto de Aristófanes e direção André França e Roberto Battaglin (2015). Fez parte do grupo Risco Teatral participando do processo de montagem do espetáculo "Era Uma Vez Um Circo", de Rodrigo Sena, onde participou de muitos estudos como atriz, no grupo Risco, desenvolveu habilidades através de oficinas de corpo, jogos teatrais, máscara balinesa, exaustão, sensibilidade e disponibilidade, além de aulas de canto. Em 2016 começou o curso OFICENA - Curso Livre de Teatro de Cabo Frio, e fez parte do espetáculo "O Navio Negreiro" dirigido por alunos do curso, com supervisão de Jiddu Saldanha e Yuri Vasconcellos. No TCC - Teatro Cabofriense de Comédia, participa do processo de criação e pesquisa de palhaçaria e integrou o elenco da performance "Coração do Mar".
Sua atividade artística não para, faz projeto escola com o seu atual grupo, Casa dos Azulejos.




Forteza / CE - Lamparina de Histórias.

Uma das mais belas cidades do Brasil, Fortaleza é, também, um lugar do humor e do amor. Pessoas singelas e amorosas, que curtem se conectar com o melhor da vida. Lá, a Mala da Fama acordou feliz, depois de uma longa viagem, saindo do Rio de Janeiro, até aportar na terra do grande escritor José de Alencar.
A participação do evento "Lamparina de Histórias", fez a vida acontecer, através da oficina de mímica para narradores, ministrada por Jiddu Saldanha. Algo realmente inesquecível. Muita sensibilidade e paixão, fluiu pelo universo de corações que a gente sentiu bater, de perto. Até breve, cidade de Iracema, coração do mundo!

Oficina "Gestos para Narradores" - Mímica com Jiddu Saldanha

Oficina "Gestos para Narradores" - Mímica com Jiddu Saldanha

sábado, 17 de junho de 2017

Hugo Leal - Diferente.

Não falta criatividade na cabeça desse rapaz, ele sabe ser diferente e leva a vida inventando seu próprio modo de ver a vida e lidar com as pessoas. Sempre uma surpresa, lidar com ele. A começar por essas fotos aqui. Aconteceram num momento em que ele soube aparecer e jogar seu charme, para que fluísse as fotos com a Mala da Fama.
Quer seja fazendo teatro, no OFICENA, ou lidando com a linguagem circense, no seu grupo "Meu Vizinho Trapezista", ele faz da arte um exercício pleno de liberdade e amor. Palhaçeando aqui e ali, vai movendo sua poesia em direção à sua busca maior. Viver em paz com os amigos e sempre levando adiante sua energia circense. Este é o querido Hugo Leal, que bem poderia ser "Hugo Legal"!







sábado, 10 de junho de 2017

Celso Guimarães - Cabeça de artista!


Celsinho, como é chamado carinhosamente pelos integrantes do OFICENA - Curso Livre de Teatro, do Teatro Municipal de Cabo Frio, já viveu diversas experiências no seu devir teatral. Conquistou seu espaço, sempre, se pensando num imenso coletivo artístico, que é a cidade. Desde os idos de 2014, quando ingressou no curso, Celso já fez parte do elenco do Auto da Compadecida, O Inspetor Geral, e de todo o repertório do TCC - Teatro Cabofriense de Comédia, grupo que fez parte durante um ano e meio e foi, praticamente, co-fundador.
Com seu espírito colaborativo, hoje, faz parte da equipe do Cine Mosquito, Fest Solos e Poesia de Cena e, atualmente, se descobriu como dramaturgo, dedicando-se e escrevendo no NUDRA - Núcleo de Dramaturgia Livre. Participou de oficinas no Teatro Quintal, além da prática de montagem. Atualmente, investiga sua linguagem cênica, também, com outros diretores da cidade.
Muito bom fotografá-lo com suas mais recentes personas.

Exercitando sua energia criativa pessoal, crescendo na arte de atuar.





Míster Phodasse - Na cabeça do artista, também tem espaço para o escracho!

domingo, 4 de junho de 2017

Hedionda Pertovic, via Wesley de Abreu.

Um jovem muito simpático e comunicativo, estudou teatro no OFICENA - Curso Livre de Teatro do Teatro Municipal de Cabo Frio. Dedicou-se até o momento em que criou sua personagem e saiu pelo mundo. Hoje, Hedionda é uma Drag Queen que já está ficando conhecida na região. Promessa de muita arte, diversão e descoberta, numa linguagem que poucos conseguem dominar. O trabalho de uma Drag envolve uma estética arrojada, com mergulhos que precisam ser bem definidos através da maquiagem e um figurino perfeito. Este é o mundo mágico deste artista que já vem despertando olhares...









Andressa Monteiro - Juventude arejada...

Com olhar crítico e participação ativa na vida cultural de Buzios e Cabo Frio, Andressa não economiza seu charme de quem ocupa a cidade em toda a sua extensão. Mostra-se sempre participativa, tem sede de saber o que acontece e registra muito da fluidez artística na cidade. 
Estudante de comunicação, na Veiga de Almeida, está sempre antenada. Já a vi no Cine Mosquito, o Cine Clube mais antigo de Cabo Frio, e costumo ir no Conhecinema, que é o Cine Clube onde ela participa como integrante da equipe, super organizada. 
Fotografei-a com a Mala da Fama no evento PASSAGENS, um incrível momento que fez a ligação afetiva entre os bairros de Cabo Frio. Muita reflexão, poesia e diversidade na praça!







sábado, 3 de junho de 2017

Rodrigo Cintra um agitador cultural da Região dos Lagos.

Cintra é um cara incrível, está sempre pras bandas de Cabo Frio, onde faz faculdade de Comunicação, na Veiga de Almeida. Agitando aqui e ali, ele acha tempo pra estiar nos eventos da cidade. Um sério candidato à lista dos ONIPRESENTES da Região dos Lagos. Fiz sua foto com a mala da fama, aproveitamos para uma gloriosa sequência e ele se divertiu muito. Segue o resultado.